Velto Silva

Poemas profundos e oriundos.

Textos

O ciúme cega!
Não podia deixar de partilhar mais esta com vocês, café Santa Cruz, esplanada lotada...
Sento-me na, peço um descafeinado, devido o TOC sempre escolho uma mesa que fique no canto para que eu possa observar tudo na minha frente, e não gosto quando há pessoas por trás de mim, enfim...
Do meu lado esquerdo estava um homem na casa dos 50 anos, sozinho, tomando um fino o celular dele toca, ele atende, vi que a chamada foi pelo WhatsApp as câmaras se abrem em viva voz, era a esposa que estava do outro lado do oceano controlando os passos do marido, ela começa toda amorosa dizendo: Oi amor tá gostando de Coimbra?
Ele: Sim, mas do que de Lisboa estou aqui sozinho, teu filho resolveu sair na noite! (Ele disse "teu filho" não sei se o filho é só dela com outro ou se ele estava se esquivando da responsabilidade de pai),
Pra que o homem foi dizer que estava só? A mulher enlouqueceu do outro lado e disse: Como? Você está só? Com quem você está aí?
O senhor com cara de pateta e analfabeto no quesito modernidade, não sabia baixar o som do celular e também não podia desligar se não a louca morria do outro lado.
Ela continua: você está com quem? Vire o celular quero ver... o homem com cara de babaca faz um movimento de 360 graus para mostrar que está só!
Ele já estava no segundo fino e o garçom não havia retirado o copo anterior da mesa, ela viu e disse: Tem uma mulher aí, pois tem dois copos na mesa.
Ele com aquele sorriso amarelo, morto de vergonha explicou para ela que o garçom havia esquecido de levar o copo. Ela insiste nessa história, o marido se irrita e diz: (Vou reproduzir as palavras dele) "Porra eu te convidei para viajar comigo e tu não quis vir agora fica com essas invenções, pra mim está tudo acabado, quando chegar aí eu quero o divórcio'
Desligou o celular, pagou a conta e foi embora.
O ciúme é uma doença que cega, o ciúme é um sentimento que corrói. Só não imaginava que um dia ia ver um divórcio pelo WhatsApp!
Esse WhatsApp não é coisa boa!
#VS
Velto Silva
Enviado por Velto Silva em 08/12/2018
Alterado em 09/12/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras