Velto Silva

Poemas profundos e oriundos.

Textos

Bate papo com o caixa eletrônico (Multibanco).
Sai de casa caminhando em direção ao Largo da Portagem em Coimbra, fui ao caixa eletrônico para sacar dinheiro, ao chegar tinha uma mulher de capuz na minha frente utilizando o caixa e no maior bate papo com o nada, eu pensei que ela estava no celular falando com alguém, ao verificar vi que tinha as mãos livres, pensei mais uma vez, ela deve esta usando os auriculares, ao verificar vi que também não era.
Para a minha surpresa a mulher estava conversando com o caixa eletrônico como se fosse uma pessoa, carência TOP ou LOUCURA?
Estive ali uns cinco minutos ouvindo aquele papo solitário.
Ela introduz o cartão e diz:
*Não engulas o meu cartão e anda rápido porque tenho de trabalhar pá!
*Ontem passei mas não tive tempo de ver meu saldo, mas vou ver agora.
*Oh Pá! Vocês são uns ladrões, já me roubaram 1€ da conta.
*Não me roubes mais dinheiro porque amanhã estou cá para pagar a conta de luz.
Quando pensei que o bate papo ia terminar, eis que ela deu um grande tapa no caixa porque o cartão estava demorando sair e diz:
*Anda pá que eu não tenho a tua vida, tu vai ficar aí sem fazer nada o dia todo e eu tenho que ir trabalhar!
Eu só relatei a conversa dela porque não ouvi a resposta que o caixa eletrônico deu, mas com certeza dentro de sua loucura eu acredito que ela tenha sim ouvido vozes, afinal de contas o caixa eletrônico tem uma grande boca por onde sai o dinheiro, como não duvido de mais nada nesta vida, tenho a certeza que realmente o caixa conversou com ela.
Cada doido nesta cidade!
#VS
Velto Silva
Enviado por Velto Silva em 07/12/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras