Velto Silva

Poemas profundos e oriundos.

Textos

Gente que só discorda de você.
Realmente a vida é complicada, cheia de armadilhas e de mistérios... como sou uma pessoa muito crítica, irei muito mais além do que isso, colocando no banco dos réus alguns seres humanos onde culpo os mesmos por serem os grandes criminosos de suas próprias vidas.
Em toda a nossa existência iremos conhecer pessoas de todos os tipos, mas os que mais me chamam à atenção são aquelas pessoas que discordam o tempo todo de você, não quero dizer com isto que elas tenham que concordar com você o tempo todo, até porque isso seria uma catástrofe.
Estou falando da discordância do óbvio, daquilo que realmente é, citarei alguns exemplos triviais: "Num belo dia, você aponta para o sol e diz para a pessoa: Olha que lindo sol e a pessoa diz: Aquilo não é o sol."
Você diz: "Dois mais dois são quatro e a pessoa discorda e diz que é cinco."
Leonhard Euler, Isaac Newton e Évariste Galois que foram grandes matemáticos importantes da história devem dar voltas no túmulo com esse tipo de gente.
Eu gosto quando alguém discorda de mim e me mostra que realmente eu estou equivocado, isto me faz inovar e transformar, mas quando alguém discorda de mim e eu mostro e provo que estou certo e a pessoa continua discordando é como se ela tivesse colocando em minhas mãos o seu atestado de ignorância e de ser uma pessoa completamente rasa.
Descobri que a forma como você fala e a forma como o outro te escuta também influencia nesta questão, pois uma coisa é dizer “você não quer ir àquela inauguração, né?” e outra é dizer “você quer ir àquela inauguração?”. A diferença sutil na construção das frases muda a nossa forma de agir ou pensar. É exatamente essa tática que você tem que usar diante de uma “pessoa contrária”.
Uma pessoa que tem um cérebro engessado que nunca penetrou no mundo exterior, apesar de viver nele e nunca se deixou ser penetrado por outros mundos, provavelmente ela te ouvirá, mas nunca te escutará e sempre discordará não só de você, mas sim de todos, e o que é pior, do óbvio.
A obviedade e a clareza das coisas sempre lhe irritará porque ela não consegue mais viver na realidade onde a discordância se tornou o seu segundo orgasmo, a sua maior fonte de prazer é ver a expressão do outro desapontada e irritada pela sua contrariedade daquilo que é óbvio.
#VS
Velto Silva
Enviado por Velto Silva em 28/11/2018
Alterado em 29/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras