Velto Silva

Poemas profundos e oriundos.

Textos

Foto no hospital após cirurgia na Tiróide.
Uma mulher muito vaidosa se interna num hospital para fazer uma cirurgia na tiróide.
Já no caminho do hospital foi fazendo muitas selfies com os dizeres: “Partiu hospital”, “era uma vez uma tiroide”, “blindada”, “Deus no comando” enfim, aquela exposição exarcebada desnecessária que nós já sabemos.
No corredor em cima da maca indo para a sala de cirurgia fez uma live informando aos amigos e pedindo orações, agora vocês imaginem a enxurrada de comentários tipo: “Força amiga”, “estamos orando por ti”, “Deus é pai”, “Já está curada em nome de Jesus.”
Sem falar num retardado que não viu as publicações anteriores e se dar ao ridículo de perguntar: “O que houve amiga? É grave? Qualquer coisa estou aqui”, sim, porque nestas horas todos são muito solícitos!
Passa-se alguns minutos e quando ver que não obteve respostas, vai perguntar aos amigos: “Gente estou desesperado, mandei mensagem e ela não me respondeu, alguém pode me dizer o que houve?”
Para não satisfazer a curiosidade do retardado todos deixam ele no vácuo, sim, porque o povo é casca grossa e gosta mais é de ver o circo pegar fogo.
A cirurgia foi o maior sucesso, e ela foi transferida para a sala de recuperação, o marido já lá esta para dar apoio, com o pescoço um pouco inchado e mesmo com 10 pontos na horizontal a mulher se achando uma celebridade, resolve fazer umas selfies para postar.
Senta-se na cama, entrega o celular para o marido pede para o mesmo fazer umas fotos em um ângulo que pegue o seu rosto e pescoço, joga os ombros para trás, inclina bem a cabeça para frente, com muita dificuldade, segundo ela nesta posição a papada desaparece e ela tem razão, faz uma, duas fotos, na terceira foto inclina tanto a cabeça que os 10 pontos se rompem, foi levada às pressas para UTI com mais uma boca estilo Steven Tyler (Cantor do Aerosmith) aberta no pescoço.
Conclusão: Celular e hospital são duas coisas que não combinam.
#VS
Velto Silva
Enviado por Velto Silva em 21/11/2018
Alterado em 21/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras