Velto Silva

Poemas profundos e oriundos.

Textos

Mulher mesquinha.
Fim de tarde, mercado continente lotado, entro, passo pela secção onde estão os produtos de beleza, uma senhora que aparentava ter mais ou menos 60 anos abria os perfumes e cheirava, até aí tudo bem não fosse eu ver o que vi.
Ela abriu um frasco de desodorante spray e usou, abre sua bolsa retira um pente, passa o mesmo no cabelo, abre um frasco de laquê que estava na prateleira e dar uma baforada em seus cabelos, depois pega um tubo de um creme e passa nos braços e mãos, não sabia ela que estava sendo observada por mim.
Notei que aquela senhora não era uma mulher qualquer, pois era muito fina e elegante, mas parecia que havia perdido completamente a noção da realidade e fazia aquilo na maior naturalidade como se estivesse na intimidade de seu quarto, a forma de passar o desodorante, a forma como penteou o cabelo e baforou o laquê e também como passou o creme, percebi que se tratava de uma lady.
Após ter passado pela secção de beleza sem ter que pagar nada por isto, dirige-se para a parte dos produtos de limpeza, sua bolsa era de couro legítimo, logo pega um produto também em spray e bafora na mesma, o produto era exatamente para objetos em couro, retira um lenço de dentro e lustra sua bolsa deixando-a num brilho total.
Segue para a secção das frutas e eu disfarçadamente também fui para ver até aonde iria tanta ousadia, vejo quando ela pega um cacho de uvas verdes e retira umas 3 e come, também come alguns morangos, dali segue para a secção das massas, quando de repente ouço quando uma mulher se aproxima e diz: Boa tarde Doutora fulana de tal! E ela responde: Boa tarde!
A senhora continua dizendo: Ontem deixei os resultados dos meus exames lá no seu consultório com a sua atendente para a senhora analisar. Ela diz: Sim, amanhã já lhe informo os resultados!
Gente a mulher era médica!
Eu fiquei pensando: Vai ser mesquinha assim no inferno!
#VS
Velto Silva
Enviado por Velto Silva em 10/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras