Velto Silva

Poemas profundos e oriundos.

Textos

Vegana vira chacota.
Tudo parecia um fim de dia normal, quando ao sair do trabalho resolvi entrar num café muito famoso aqui em Coimbra, que inclusive tenho testemunhas que viram este momento que eu o classifico como o supra-sumo de uma realidade holográfica, trocando em miúdos, eu estava literalmente dentro de uma Matrix.
Ao levantar a xícara de café para tomar o primeiro gole, à minha frente, uma sujeita que destoava de tudo que parecia normal dentro daquele recinto, para iniciar, ela estava sentada em posição de Lótus, era rechonchuda, uma verdadeira Buda, vestia aquelas roupas de hippies porém
era de uma falta de comprometimento moral no quesito "paz e amor" pois o seu comportamento denunciava isto.
Apenas o fato de estar sentada na posição de Lótus na cadeira de um café, isto já era um motivo para que os transeuntes que passavam na porta do estabelecimento comentassem (...)
Ela era mal educada, falava alto e ouvia músicas em seu celular num volume nada agradável.
A amiga dela pediu um café com leite e ela nada havia pedido, quando de repente a “hippie paz e amor” me abre uma Tupperware e tira um pimentão vermelho de dentro e começa a comer como se fosse uma maçã.
Todas as pessoas do café olhavam e riam muito pois a cena era surreal, desproporcional, desconstruída e totalmente fora do contexto.
Foi quando uma senhora disse: “Estes veganos já viraram chacota.”
Carnívoros do meu coração a partir de hoje comecem a levar as suas vacas para comerem nos restaurantes veganos, aproveitem também e levem o portátil para assistirem uma bela tourada.
#VS
Velto Silva
Enviado por Velto Silva em 08/11/2018
Alterado em 08/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras