Velto Silva

Poemas profundos e oriundos.

Textos

Eleições encerradas e na certeza de uma coisa:
Eu não comprei armas e nem vou comprar.
Eu não briguei com ninguém e nem vou brigar
Eu não bloqueei ninguém em redes sociais que pensa diferente de mim e nem vou bloquear.
Eu não agredi ninguém, nem com palavras, nem se quer fisicamente e nem vou agredir.
Eu não matei ninguém e nem vou matar.
Não me indispus com amigos, nem com familiares e nem vou me indispor.
Os artistas que gosto continuarei gostando mesmo apoiando seja lá quem for.
Os comércios que frequento continuarei frequentando e comprando.
Tudo o que eu citei acima acho de uma falta de senso total, falta de caráter e de personalidade destruir amizades por causa de política.
Há exatamente 15 anos atrás eu estava na recepção de uma clínica no Brasil, quando me entra uns políticos conhecidos e um rapaz que estava sentado perguntou para um deles:
"O senhor está satisfeito com o resultado desta eleição, Lula para presidente? Ele responde: Quando ele começar a governar a gente conversa."
Faço das palavras deste senhor as minhas (...)
E agora o Bolsonaro ganhou vão reatar as amizades que cortaram ou vão continuar com birra feito as crianças?
Velto Silva
Velto Silva
Enviado por Velto Silva em 29/10/2018
Alterado em 29/10/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras