Velto Silva

Poemas profundos e oriundos.

Textos

Cigarro eletrônico.
Se tem uma coisa que detesto é o tal do cigarro eletrônico, claro que fumar não é uma coisa boa, mas se é para ver alguém fumando prefiro ver um cigarro normal ou um cachimbo.
Estes dias vinha um rapaz na minha frente com um cigarro eletrônico e eu pensei: “Lá vem o carro fumacê contra o mosquito da dengue.”
Ele substituiria facilmente aqueles aparelhos que fazem o efeito da fumaça nos shows.
O cigarro se segura entre os dedos e o cigarro eletrônico com a mão toda. Ridículo!
Observem a imponência de quem fuma um cigarro desses, é como se tivesse um rei na barriga.
Como Freud dizia: “Tudo é fálico” ele tinha razão e quando me deparo com alguém fumando um troço daqueles é como se tivesse com um pênis de borracha na mão fazendo sexo oral na rua.
#veltosilvanocotidiano
Velto Silva
Enviado por Velto Silva em 17/07/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras