Velto Silva

Poemas profundos e oriundos.

Textos

Formigas.
Hoje fui almoçar em um restaurante típico e sempre que vou nestes restaurantes, não sei porque, noto que os donos são sempre arrogantes, mau humorados, é como se estivéssemos pedindo favor para eles, ou, devido o restaurante já ter nome o dono já não está com a preocupação de tratar bem os clientes, pois sabem que terá sempre a casa cheia.
Pedi um lombo assado no forno apenas com arroz e um suco de laranja natural, o suco chega sempre primeiro, técnica que os restaurantes usam para que o cliente beba tudo antes de vir o prato, assim pode pedir mais um, e, consequentemente a conta sobe, mas nesta armadilha eu já não caio mais.
Meu suco chega e noto que há quatro pontinhos pretos boiando no líquido, pensei eu que fosse algo da própria laranja e tomei um gole, notei que um ponto preto sumiu, ou seja, engoli, logo despertou a curiosidade de saber o que era, ao passar o dedo vi que se tratava de formigas.
Chamei a atendente, a mesma levou o suco até o patrão e lhe mostrou, ele lhe responde grosseiramente dizendo que aquilo não era formigas.
Ela lhe dar um berro e diz que sim que é formigas mesmo e ordena para que ele troque.
Pasmem... ele retira as formigas com o dedo, liga a máquina de espremer laranjas para disfarçar e põe o suco em outro copo, pois o certo seria ele jogar aquele fora e fazer um novo.
A senhora constrangida vem com o copo para pôr na mesa e eu digo que não quero mais e peço para trazer uma água engarrafada e lacrada, ela assustada disse que todas as garrafas são lacradas., Eu lhe respondo que depois do que eu vi eu quero que traga a garrafa lacrada e ponha sobre a mesa, pois não duvido nada que a água seja da torneira, por isto estou detestando cada vez mais alguns restaurantes típicos e estou aderindo aos que abrem recentemente, ao menos não vejo mau humor, nem má vontade no atendimento e muito menos formigas, porque se para ele é uma obrigação estar ali, então ele pensa que nós clientes estamos lhe pedindo favor.
Diz a lenda que comer formigas faz bem as vistas, confesso que fiquei cego, não por causa das formigas e sim com a atitude dele, fiquei tão cego que quando sai na rua tentei ver na placa o nome do restaurante para dizer a vocês e não consegui.
História verídica.
#vsnocotidiano
Velto Silva
Enviado por Velto Silva em 13/06/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras