Velto Silva

Poemas profundos e oriundos.

Textos

Instagram desativado.
Hoje desativei o meu instagram, quer dizer, meu não, dos outros!
Dos outros porque assim como no Facebook por mais que você prive algumas coisas, sempre há formas de se estar exposto, pois o fato de você ter um login e uma senha não exclui essa possibilidade de exposição.
A exposição não me assusta, mas não acho que ela seja necessária para a minha sobrevivência, mas enquanto lá estive aproveitei o máximo da ferramenta que por ventura há muitas coisas boas, por exemplo, quando se trata de uma empresa para fazer divulgação, ou, de uma celebridade para fazer stories também a fim de divulgar o seu trabalho e etc... eu acho bem!
O lado irritante do instagram é que anônimos se rastejam fazendo as figuras mais ridículas e toscas para se tornarem uma celebridade  famosa, não sabem elas que existe um caminho a ser percorrido e muitas vezes doloroso para quem é lindo ou linda até chegar a fama, agora imaginem uma porrada de gente estranha querendo aparecer.
A questão aqui não é nem a beleza e sim a falta de talento e de criatividade que reina dentro daquela aplicação.
Há gente de toda espécie, principalmente uns que nem falar sabem e se tornam repetitivos, chatos e petulantes.
É muita pobreza de espírito por metro quadrado mendigando likes e excluindo a possibilidade de quem a segue dizer a verdade, como por exemplo: “Achei essa foto horrorosa!” Ou “Como você está brega nesta foto.”
Já presenciei uma pessoa na parada de um ônibus mostrando uma foto de uma amiga para outra dizendo que a pessoa da foto estava horrorosa, uma verdadeira monstra, no entanto, pôs lá o coraçãozinho, que amor de amiga não é mesmo!
Quer aparecer? Então comece mostrando aquilo que você sabe fazer, seja criativo, use a sua imaginação e seja inteligente, mas mostre tudo isso antes para as pessoas que te rodeiam, escute a opinião das pessoas, depois disso você entra no instagram, faz a coisa certa e seja feliz!
#vsnocotidiano
Velto Silva
Enviado por Velto Silva em 28/05/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras