Velto Silva

Poemas profundos e oriundos.

Textos

Sonhos.
Hoje disseram-me com um ar de deboche que eu “vivo de sonhos” mas o que seria do ser humano sem os seus sonhos?
O sonho é a mola propulsora que nos faz lutar para que as coisas se tornem reais, quando um ser humano me diz isso é porque deve viver em grandes pesadelos e em conflitos internos dos quais não conseguem se libertar.
Eu sempre sonhei e irei continuar sonhando até morrer, sou um sonhador que realiza os sonhos na prática.
Meus sonhos podem até demorar, mas corro atrás até alcançar.
Quem não sonha não passa de um cadáver ambulante que perambula pelas ruas em busca de vítimas para aprisionar dentro de seus pesadelos perturbadores que devem ser tantos... Quem não sonha para mim é quem já morreu, é quem já perdeu todo o senso comum do que é a vida e do que é viver.
Ontem mesmo sonhei que ganhava no Euromilhões, e como uma aranha venenosa, armei uma grande teia para quem fosse correr atrás de mim caísse dentro dela e ficasse lá preso até morrer, fui andando lentamente, devagarinho, sorrateiramente peguei um voo para Dubai e sumi por um ano, a cada mês fui me mudando de país, e, em cada país comprava um chip e mandava torpedos dizendo: “Estou vivo!”
Pena que realmente foi apenas um sonho, mas ao menos sonhei, nunca deixe que ninguém roube os seus sonhos, os seus sonhos só pertencem a você, sonhe em silêncio e lute bastante para realizá-los assim a sua vida se torna mais leve ao contrário de quem só tem pesadelos e que possuem uma vida pesada.
#vsnocotidiano
Velto Silva
Enviado por Velto Silva em 23/05/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras